Objetivo desse blog



O objetivo desse blog é compartilhar com vocês aquilo que tenho ganhado na comunhão com os santos e ao ler a palavra do Senhor!


"Achadas as tuas palavras, logo as comi; as tuas palavras me foram gozo e alegria para o coração, pois pelo teu nome sou chamado, ó SENHOR, Deus dos Exércitos." Jeremias 15.16


domingo, 18 de setembro de 2016

O mordomado do ponto de vista do livro de Atos dos Apóstolos.

Anotações da mensagem 4. Domingo de manhã.  São Lourenço 2016.


Atos dos Apóstolos: 2. 42. e perseveravam na doutrina dos apóstolos e na comunhão, no partir do pão e nas orações. 43. Em cada alma havia temor, e muitos prodígios e sinais eram feitos pelos apóstolos. 44. Todos os que criam estavam unidos e tinham tudo em comum. 45. E vendiam suas propriedades e bens e os repartiam por todos, segundo a necessidade de cada um. 46. E, perseverando unânimes todos os dias no templo, e partindo o pão em casa, comiam com alegria e singeleza de coração, 47. louvando a Deus, e caindo na graça de todo o povo. E cada dia acrescentava-lhes o Senhor os que iam sendo salvos. - Bíblia JFA Offline

Nessas mensagens,  falaremos do mordomado do ponto de vista do livro de Atos dos Apóstolos.
Quando estudamos o livro de Atos, buscamos olhar do ponto de vista histórico apenas? Isso é muito pouco.  Precisamos  perceber, com os olhos de Deus, como era o viver dos irmãos em Atos e como está o nosso viver, o quanto estamos distantes da vida vivida por esses irmãos,  que tinham o viver de Jesus tão evidente em suas vidas.
Capítulo 1-13 fala da vida da igreja em Antioquia. Ali havia uma graça visível e Barnabé percebeu isso quando foi até lá. Os anciãos,  mestres,  profestas viviam e serviam ao Senhor. Se queremos nos submeter a vontade do Senhor, devemos nos submeter à sua visão,  nos desentulhar das nossas práticas vazias, criadas sem Deus, reuniões, programações,  sem tocar a realidade de Deus.
O capítulo 18 fala da igreja em Corinto. Ali Paulo foi ensinar por um ano e meio a palavra de Deus. O grande enfoque era o ministério da palavra. Vamos ver qual é a nossa carência,  observando essas  igrejas iniciais e quais são os nossos desvios. Era uma palavra que expressava vida, poder, governo, correção (vara), condução (cajado). Nâo devemos nos desviar disso, caso contrário,  colocaremos o serviço ao Senhor na frente da palavra. Marta colocou o serviço em frente ao estar aos pés do Senhor. Marta estava confusa e perturbada. O princípio do mordomado não é esse, mas  estar aos pés do Senhor, na palavra.  Vamos ver o que diz sobre a igreja em Éfeso:
Atos dos Apóstolos: 19. 8. Paulo, entrando na sinagoga, falou ousadamente por espaço de três meses, discutindo e persuadindo acerca do reino de Deus. 17. E isto tornou-se conhecido de todos os que moravam em Éfeso, tanto judeus como gregos; e veio temor sobre todos eles, e o nome do Senhor Jesus era engrandecido. 18. E muitos dos que haviam crido vinham, confessando e revelando os seus feitos. 19. Muitos também dos que tinham praticado artes mágicas ajuntaram os seus livros e os queimaram na presença de todos; e, calculando o valor deles, acharam que montava a cinqüenta mil moedas de prata. 20. Assim a palavra do Senhor crescia poderosamente e prevalecia. - Bíblia JFA Offline
Não vamos nunca entender essas experiências da igreja, se não permitirmos que Deus seja real no nosso coração e que isso nos constranja.  Só assim, veremos as profundezas da mesa do Senhor e que orar tem a ver com o coração de Deus e seu propósito, por causa dos assuntos do governo e da vontade de Deus. Precismos entender qual é o modelo de Deus, essa oração por causa da vontade de Deus e não por mim e minhas causas. Oramos pelo mundo e não conseguimos orar dez minutos por uma pessoa. Banalizamos a palavra, a mesa, a oração.  Ignoramos o essencial e vivemos no secundário.  Nos desviamos por formas. O que é comunhão?  Se  soubéssemos o que ela significa, sofreríamos o dano, para não ver ferida a comunhão entre nós. Irmãos  se dividem por cânticos, formas de reunir. Devemos nos humilhar aos pés do Senhor. Tome o versículo 42. Persevere na palavra e batalhe pela comunhão.  Está tudo uma bagunça,  irmãos discordando e querendo ver Apocalipse.  Tentem se debruçar juntos sobre um versículo, mantendo a comunhão.
Atos dos Apóstolos: 2. 42. e perseveravam na doutrina dos apóstolos e na comunhão, no partir do pão e nas orações.
Atos dos Apóstolos: 6. 4. Mas nós perseveraremos na oração e no ministério da palavra. - Bíblia JFA Offline
Mateus: 7. 28. Ao concluir Jesus este discurso, as multidões se maravilhavam da sua doutrina; 29. porque as ensinava como tendo autoridade, e não como os escribas. - Bíblia JFA Offline
As pessoas ficavam maravilhadas. Essa não é uma boa tradução.  No sentido literal,  elas foram impactadas de forma negativa, atônitas, chocadas. A palavra significa arrancar com uma pancada. Era  esse o impacto da palavra do Senhor.
Na sua última pregação,  vemos a palavra admirada. Aqui com o mesmo sentido de pancada, golpeadas. Mateus: 22. 33. E as multidões, ouvindo isso, se maravilhavam da sua doutrina. - Bíblia JFA OfflineMarcos: 1. 22. E maravilhavam-se da sua doutrina, porque os ensinava como tendo autoridade, e não como os escribas. - Bíblia JFA Offline
A palavra do Senhor os deixava perplexas. Perguntavam:
-O que é isso? Um novo ensino exposto com autoridade.
Era a mente de Deus vindo à terra com autoridade, sem necessidade de agradar. E nós achamos que podemos moldar a igreja para agradar com a cultura atual. Buscamos o que funciona. Jesus não fazia isso. A palavra tem dois gumes. Ela é morte para morte e vida para vida, para trazer o poder da vida de ressurreição.
Lucas: 4. 32. e maravilharam-se da sua doutrina, porque a sua palavra era com autoridade. - Bíblia JFA Offline
Eles perseveravam em que doutrina? O ensino e vida do Senhor.  A pureza do seu caráter.  Não precisamos de novas práticas ou revelações.  Quando Isaque herdou tudo de seus pais, não cavou novos poços, mas desentulhou os antigos. Vamos voltar à simplicidade das práticas da igreja primitiva. Comunhão é mais do que amizade, preferência,  comunhão é na palavra e vida do nosso Senhor Jesus Cristo,  na pureza da sua santidade.
Atos dos Apóstolos: 13. 4. Estes, pois, enviados pelo Espírito Santo, desceram a Selêucia e dali navegaram para Chipre. 8. Mas resistia-lhes Elimas, o encantador (porque assim se interpreta o seu nome), procurando desviar a fé do procônsul. 9. Todavia Saulo, também chamado Paulo, cheio do Espírito Santo, fitando os olhos nele, 10. disse: ó filho do Diabo, cheio de todo o engano e de toda a malícia, inimigo de toda a justiça, não cessarás de perverter os caminhos retos do Senhor? 11. Agora eis a mão do Senhor sobre ti, e ficarás cego, sem ver o sol por algum tempo. Imediatamente caiu sobre ele uma névoa e trevas e, andando à roda, procurava quem o guiasse pela mão. 12. Então o procônsul, vendo o que havia acontecido, creu, maravilhando-se da doutrina do Senhor. - Bíblia JFA Offline
Paulo olhou para aquele homem e falou com poder. O propósito da doutrina é tirar as pessoas das trevas para a luz. Curar,  libertar cativos. Como isso tem que nos constranger, esmagar-nos, adornar-nos como noiva! Que as pessoas ouçam essa palavra e sintam o poder da cura. Vemos casamentos doente, pessoas escravizadas pela ansiedade, depressão,  possessão,  morte. Cristãos que não encontram a vida na doutrina. Nos dobremos perante ao Senhor. A palavra não pode estar de lado. Em cada circunstância,  dificuldade, que essa assembléia vença com o choque, quebrantamento da vida e poder da palavra. A comunhão na igreja primitiva era celestial. Não era social. Eles vivia  o relacionamento com base no amor do Pai, na comunhão do Filho e na unção do Espírito. Era uma comunhão como um som uníssono, harmônico.  Não vamos ter gozo completo num ambiente dividido. A comunhão corrige e faz você sofrer o dano,  para não se dividir do seu irmão.  O verbo se fez carne e tabernaculou entre nós. O Filho tem satisfação no Pai e o Pai no Filho e o Espírito comunica entre eles essa comunhão. O Filho  fez tudo para dar prazer ao Pai. Esse é o princípio da comunhão.  A igreja primitiva viveu assim, com intensidade. Tinham prazer em satisfazer ao seu  irmão,  de maneira emocional,  financeira.  Órfãos e viúvas eram cuidados, trazidos para suas próprias casas. Eles doavam-se uns aos outros. Isso é comunhão.  Partiam o pão de casa em casa. Lc 22 e Jo 13- João 17. A mesa era uma realidade espiritual. 1 Co 10 e 11. Paulo fala da mesa e da realidade espiritual nesses elementos. Tocar na vida do Senhor, no que Ele é. Tinham amizade com Deus. Quando eles oravam, as cadeias tremeiam. Peçam a visitação de Deus, como foi nos dias de Atos.  Não se acomodem! Que Deus nos ajude e nos guarde em sua palavra.  Amém!

domingo, 11 de setembro de 2016

Cristo, o cordeiro aprovado. Mensagem 3 São Lourenço 2016

(Amados, essas são as minhas anotações.  Para ouvir a mensagem completa acesse o canal no YouTube Sopalavra ou www.sopalavra.org.br)                                                               
Isaías: 42. 1. Eis aqui o meu servo, a quem sustenho; o meu escolhido, em quem se compraz a minha alma; pus o meu espírito sobre ele. Ele trará justiça às nações. 2. Não clamará, não se exaltará, nem fará ouvir a sua voz na rua. 3. A cana trilhada, não a quebrará, nem apagará o pavio que fumega; em verdade trará a justiça; 4. não faltará nem será quebrantado, até que ponha na terra a justiça; e as ilhas aguardarão a sua lei. - Bíblia JFA Offline
É muito difícil para nós compreendermos Deus. Não podemos ser presunçoso e colocar Deus em uma caixa doutrinária. Observemos seus mordomos: Daniel, Neemias, Paulo e tantos outros, que reafirmam a profundidade da riqueza e sabedoria de Deus, seus juízos e seus caminhos. Quem conheceu a mente do Senhor? Dele, por Ele e para Ele são todas as coisas. A Ele a glória, para sempre!
Ao escrever aos Romanos, Paulo, mesmo numa carta sistemática, cheia de ensino, termina dizendo que toda a teologia que não nos conduzir ao Senhor,  é vazia. Ele concluiu a carta deslumbrado com a glória do Senhor, que é  Cristo. Porque Dele,  por Ele e para Ele são todas as coisas.
Abramos os olhos do coração,  mesmo que para tocar apenas as orlas de suas vestes. O Senhor disse que guiaria seus discípulos à toda verdade e os guardaria em tudo. Fl 2: 5-11, começa falando da glória de Deus Filho na eternidade passada e termina na glória do Deus-homem exaltado. Hebreus fala que Ele virá na glória.  Diz que o Senhor iniciou um ministério celestial, vivendo para interceder por nós. Ele assumiu a forma de servo. Os filhos, os da fé, têm participação comum de carne e sangue com Aquele que veio em carne.
Hebreus: 2. 14. Portanto, visto como os filhos são participantes comuns de carne e sangue, também ele semelhantemente participou das mesmas coisas, para que pela morte derrotasse aquele que tinha o poder da morte, isto é, o diabo; 15. e livrasse todos aqueles que, com medo da morte, estavam por toda a vida sujeitos à escravidão. 16. Pois, na verdade, não presta auxílio aos anjos, mas sim à descendência de Abraão. 17. Pelo que convinha que em tudo fosse feito semelhante a seus irmãos, para se tornar um sumo sacerdote misericordioso e fiel nas coisas concernentes a Deus, a fim de fazer propiciação pelos pecados do povo. 18. Porque naquilo que ele mesmo, sendo tentado, padeceu, pode socorrer aos que são tentados. - Bíblia JFA Offline
Em Filipenses o Senhor assumiu a forma de servo. Ele assumiu, segundo o original, agarrou a natureza humana. Era o filho eterno de Deus, com a natureza divina, que se encarnou, agarrando a forma humana. Em Hebreus, vemos a palavra socorrer, que também significa agarrar  em adição, ao dizer que ele socorre os filhos de Abraão. É a mesma palavra usada em Filipenses: assumiu, agarrou.
Jonh Owen em um de seus livros, diz que devemos meditar na glória de Cristo. Paulo diz que, ao contemplarmos a sua glória, somos tranformados de glória em glória. Ele nos mostra suas glórias. Ele é nossa âncora segura e firme e que penetra além do véu. A sua palavra é inspirada por Deus. Ela é a palavra firmada nos céus para sempre. Se há alguma debilidade, está em nós e não na palavra. É ela quem nos revela as riquezas insondáveis de Cristo. Os profetas do velho testamento falavam do que não entendiam e eles mesmo indagavam, sem compreensão. Mas falavam debaixo do Espírito de Cristo, pois o único objetivo era Cristo. O segredo do nosso poder espititual é suor: ler as escrituras e pedir que Deus nos abra os olhos. Temos necessidade de homens e mulheres que amem a palavra do Senhor. Agrada-me ó Deus fazer a sua vontade e cumprir a sua lei. Salmo 40:8. Esse trecho está relacionado ao de de Hb 10:
Hebreus: 10. 5. Pelo que, entrando no mundo, diz: Sacrifício e oferta não quiseste, mas um corpo me preparaste; 6. não te deleitaste em holocaustos e oblações pelo pecado. 7. Então eu disse: Eis-me aqui (no rol do livro está escrito de mim) para fazer, ó Deus, a tua vontade. 8. Tendo dito acima: Sacrifício e ofertas e holocaustos e oblações pelo pecado não quiseste, nem neles te deleitaste...
Em Isaías 42 vemos que Ele apresentou-se voluntarimante para ser o cordeiro e o Pai o elegeu. O Espírito do Senhor era sobre Ele e O ungiu.
Isaías: 42. 1. Eis aqui o meu servo, a quem sustenho; o meu escolhido, em quem se compraz a minha alma; pus o meu espírito sobre ele. ele trará justiça às nações. 2. Não clamará, não se exaltará, nem fará ouvir a sua voz na rua. 3. A cana trilhada, não a quebrará, nem apagará o pavio que fumega; em verdade trará a justiça; 4. não faltará nem será quebrantado, até que ponha na terra a justiça; e as ilhas aguardarão a sua lei. 5. Assim diz Deus, o Senhor, que criou os céus e os desenrolou, e estendeu a terra e o que dela procede; que dá a respiração ao povo que nela está, e o espírito aos que andam nela. 6. Eu o Senhor te chamei em justiça; tomei-te pela mão, e te guardei; e te dei por pacto ao povo, e para luz das nações; 7. para abrir os olhos dos cegos, para tirar da prisão os presos, e do cárcere os que jazem em trevas. 8. Eu sou o Senhor; este é o meu nome; a minha glória, pois, a outrem não a darei, nem o meu louvor às imagens esculpidas. 9. Eis que as primeiras coisas já se realizaram, e novas coisas eu vos anuncio; antes que venham à luz, vo-las faço ouvir. - Bíblia JFA Offline
O Senhor era silencioso, não clamava, nem forçava sua audiência a ouví-Lo. Mas no Getsêmani, Ele clamou em alta voz. Ele sempre foi perseguido pelos fariseus e os guardas foram prendê-lo, algumas vezes. Numa dessas vezes, uma escolta converteu-se na pregação sobre a água viva. Eles não conseguiram prendê-lo. Ao voltarem, os soldados disseram: ninguém jamais falou igual a esse. Ele era cheio de graça e verdade! Não fazia a voz prevalecer em praças e não colocava cargas pesadas sobre os homens, mas propunha que estes lançassem suas cargas sobre Ele. No Getsêmani,  ao orar, levou três discípulos com Ele, mas esses dormiram e não puderam vigiar com Ele nem uma hora. Seus companheiros humanos fracassaram em orar com Ele.
Isaías: 52. 13. Eis que o meu servo procederá com prudência; será exaltado, e elevado, e mui sublime. 14. Como pasmaram muitos à vista dele (pois o seu aspecto estava tão desfigurado que não era o de um homem, e a sua figura não era a dos filhos dos homens), 15. assim ele espantará muitas nações; por causa dele reis taparão a boca; pois verão aquilo que não se lhes havia anunciado, e entenderão aquilo que não tinham ouvido. - Bíblia JFA Offline
Esse texto fala da segunda parte do texto de Filipenses 2. Ele se esvaziou e humilhou. Nessa segunda seçãor,  foi exaltado, com O nome acima de todo nome, elevado e mui sublime. Representa o ápice da exaltação.   Ef 1: 20-23 diz
Efésios: 1. 17. para que o Deus de nosso Senhor Jesus Cristo, o Pai da glória, vos dê o espírito de sabedoria e de revelação no pleno conhecimento dele; 18. sendo iluminados os olhos do vosso coração, para que saibais qual seja a esperança da sua vocação, e quais as riquezas da glória da sua herança nos santos, 19. e qual a suprema grandeza do seu poder para conosco, os que cremos, segundo a operação da força do seu poder, 20. que operou em Cristo, ressuscitando-o dentre os mortos e fazendo-o sentar-se à sua direita nos céus, 21. muito acima de todo principado, e autoridade, e poder, e domínio, e de todo nome que se nomeia, não só neste século, mas também no vindouro; 22. e sujeitou todas as coisas debaixo dos seus pés, e para ser cabeça sobre todas as coisas o deu à igreja, - Bíblia JFA Offline
Para ter O nome, ele passou por alguns passos: Ressurreição,  ascensão,  intronização. Ele teve uma missão, prevista 800 anos antes por Isaías,  e cumprida. Ele recebe o nome. Qual? Senhor, Kurios. Esse nome santíssimo, impronunciável, foi traduzido assim: Senhor. O que esse nome contém: minha glória não darei à outrem,  nem minha honra.
Isaías: 45. 23. Por mim mesmo jurei; já saiu da minha boca a palavra de justiça, e não tornará atrás. Diante de mim se dobrará todo joelho, e jurará toda língua. - Bíblia JFA Offline
Ele será exaltado, mui sublime. Muitos ficarão pasmos pelo seu semblante desfigurado, machucado e a sua aparência. Is 52:14. Eles ficarão espantados, pois Ele espargiu as nações.  "Não havia beleza que nos agradasse" e os reis ficariam espantados, pois esse sofredor era o redentor. Is 53 é a continuação desse cântico.  Ele estendeu seu braço e redimiu seu povo. Essa palavra é loucura para os que se perdem. Para nós, sabedoria, pois Deus nos revelou no Espírito.  O renovo, um broto indesejado do toco de uma árvore, cortado,  foi subindo como um renovo. Sem aparência ou formosura.  
Outro cântico em Isaías:
Isaías: 50. 4. O Senhor Deus me deu a língua dos instruídos para que eu saiba sustentar com uma palavra o que está cansado; ele desperta-me todas as manhãs; desperta-me o ouvido para que eu ouça como discípulo. 5. O Senhor Deus abriu-me os ouvidos, e eu não fui rebelde, nem me retirei para trás. - Bíblia JFA Offline
O Senhor não exitou, nem recuou, mas indo onde estava eu, salvou-me. Sozinho percorreu a senda. Foi açoitado nas costas:
Isaías: 50. 6. Ofereci as minhas costas aos que me feriam, e as minhas faces aos que me arrancavam a barba; não escondi o meu rosto dos que me afrontavam e me cuspiam. 7. Pois o Senhor Deus me ajuda; portanto não me sinto confundido; por isso pus o meu rosto como um seixo, e sei que não serei envergonhado. 8. Perto está o que me justifica; quem contenderá comigo? apresentemo-nos juntos; quem é meu adversário? chegue-se para mim. - Bíblia JFA Offline
O Senhor foi socado, açoitafo, esbofeteado. Ofereceu suas costas. Sobre seu dorso lavraram os aradores. Salmos 129:3.
Quando os guardas foram buscá-lo e Jesus disse "Eu o sou!", Eles caíram por terra. Ele era o escolhido, ele ofereceu-se. Arrancaram-lhe as barbas, puseram coroa de espinhos. Não podemos servir ao Senhor sem contemplá-lo.  Somos soberbos, arrogantes, cheios de justiça própria. E Jesus foi considerado como escória. Foi perseguido, tratado como lixo, refugo, como criminoso. V 6 Ele não escondeu o rosto, porque Deus o ajudou. E o Pai era com Ele. Não sentiu-se confundido ou envergonhado,  como poderia ter sentido, porque Ele tinha o Pai sempre em Sua presença. Por isso, fez seu rosto como pederneira voltada à sua missão redentora.
Ele foi do Monte da Transfiguração, seis meses antes, para o Monte do Calvário, seis meses depois, por causa de nós. Ele foi feito pecado, para que nós fôssemos redimidos. Ele orou com súplicas e foi ouvido, por causa de sua piedade. Quando diz, se possível for, passa de mim esses cálice,  Ele continua: não se faça como eu quero e sim, como Tu queres. Ele experimentou tamanha agonia e precisava do auxílio de Deus para prosseguir. Com a face ferida, ossos expostos pelos açoites violentos. Ele não tinha onde reclinar a cabeça.  Sabe onde a reclinou? Na cruz. Na cruz, Ele reclinou a cabeça e entregou o seu espírito.  Ele decidiu entregar-se à morte,  na hora do sacrifício da tarde. Louvado seja o nosso Senhor. Modelo para seguirmos os passos. Levou nossos pecados em seu corpo, no madeiro.  Ele nunca perdeu a face do Pai de vista e fazia sempre a vontade de Deus. Porém,  no Getsêmani,  essas duas verdades entraram em colisão. Para fazer a vontade do Pai, ele teria que perder a face do Pai, para que aqueles que nunca a viram, pudessem vê-la. Assim, abriu mão da face de seu Pai, para fazer a vontade Dele e tornar-se o cordeiro, escolhido desde a eternidade passada. Por sua obra, hoje vemos em Cristo, a face de Deus.
Mateus: 26. 38. Então lhes disse: A minha alma está triste até a morte; ficai aqui e vigiai comigo. - Bíblia JFA Offline
Sua alma estava em pesar excessivo,  oprimida até a morte - numa profundo e indescritível momento de angústia e dor.
Marcos: 14. 33. E levou consigo a Pedro, a Tiago e a João, e começou a ter pavor e a angustiar-se; - Bíblia JFA Offline
Pavor - golpeado pelo terror próximo. Que superava suas expectativas como homem.
Angústia- consternação,  grande agonia. Como que fora de si, perturbado. Há  três palavras para depressão no grego. Angústia é a pior delas.
Mateus: 26. 38. Então lhes disse: A minha alma está triste até a morte; ficai aqui e vigiai comigo. - Bíblia JFA Offline
Lucas: 22. 44. E, posto em agonia, orava mais intensamente; e o seu suor tornou-se como grandes gotas de sangue, que caíam sobre o chão. - Bíblia JFA OfflineLucas: 22. 44. E, posto em agonia, orava mais intensamente; e o seu suor tornou-se como grandes gotas de sangue, que caíam sobre o chão. - Bíblia JFA Offline
Agonia - batalhas mentais severas.
Por isso Jesus orava ardentemente. Somente em Deus minha alma espera silenciosa. Dele espero salvação.  Ele é meu refúgio, não serei abalado. Que  tenhamos o caráter Dele, para fazermos a vontade de Deus e estarmos na face do Pai.

quinta-feira, 8 de setembro de 2016

Quatro características do mordomo fiel - a Consagração

São Lourenço,  mensagem 2, domingo de manhã.

No livro de Daniel, vemos quatro características que evidenciam um mordomo, que realmente atende ao coração de Deus.
Neemias: 1. 1. Palavras de Neemias, filho de Hacalias. Ora, sucedeu no mês de quisleu, no ano vigésimo, estando eu em Susã, a capital, 2. que veio Hanâni, um de meus irmãos, com alguns de Judá; e perguntei-lhes pelos judeus que tinham escapado e que restaram do cativeiro, e acerca de Jerusalém. 3. Eles me responderam: Os restantes que ficaram do cativeiro, lá na província estão em grande aflição e opróbrio; também está derribado o muro de Jerusalém, e as suas portas queimadas a fogo. 4. Tendo eu ouvido estas palavras, sentei-me e chorei, e lamentei por alguns dias; e continuei a jejuar e orar perante o Deus do céu, 5. e disse: Ó Senhor, Deus do céu, Deus grande e temível, que guardas o pacto e usas de misericórdia para com aqueles que te amam e guardam os teus mandamentos: - Bíblia JFA Offline
Neemias: 2. 1. Sucedeu, pois, no mês de nisã, no ano vigésimo do rei Artaxerxes, quando o vinho estava posto diante dele, que eu apanhei o vinho e o dei ao rei. Ora, eu nunca estivera triste na sua presença. 2. E o rei me disse: Por que está triste o teu rosto, visto que não estás doente? Não é isto senão tristeza de coração. Então temi sobremaneira. 3. e disse ao rei: Viva o rei para sempre! Como não há de estar triste o meu rosto, estando na cidade, o lugar dos sepulcros de meus pais, assolada, e tendo sido consumidas as suas portas pelo fogo? - Bíblia JFA Offline
Essas passagens estão relacionadas. Neemias, ao ouvir o relato de Hanâni, ficou profundamente angustiado, lançou-se por terra, chorou amargamente e vestiu-se de luto. Por que ele reagiu assim? Por ter visto algo além da grande miséria e desprezo. Além dos muros e portas queimadas. Ele viu o Senhor e pode contemplar a desolação e miséria com os olhos do Senhor. Ele tocou o coração de Deus e Deus tocou o seu. Era um lamento que vinha de Deus e não dele mesmo. Neemias era alguém que Deus encontrou para expressar o que havia em Seu coração. Neemias quer dizer o consolo de Jeová. No mês de nisan, aproximadamente março e abril, Neemias foi servir ao rei e este viu em seu rosto a aflição.  Esse é um mordomo: alguém  que vê pelos olhos do seu senhor. Neemias viu pelos olhos de Deus a situação de Jerusalém.
Gálatas diz que Paulo era alguém que sofria as dores de parto pelos filhos de Deus! Paulo sofreu para que os irmãos ganhassem experiências com Deus. Porém, Paulo viu que eles precisavam ir além.  A vida precisava se manifestar mais nesses filhinhos.  Paulo os viu como seus filhinhos e angustiou-se, assim como  Neemias. Paulo e Neemias viram o Senhor, tocaram o Seu coração.  Essa era uma angústia de Deus, de fato. Essa dor vinha do alto. Nisso está o significado de ser um mordomo: cuidar dos interesses, administrar o que é de Deus, se compadecer, através dos olhos Dele. Como isso é possível?  Somente estando ligados à Ele.
Neemias suspirava: Ah, senhor! Ele era com o Senhor  e o Senhor era com Ele.
Senhor, também queremos nos derramar diante de Ti! Ver com Seus olhos! Que o nosso testemunho seja para Ti.
Precisamos de ajuda para isso. Somos ainda distantes dos olhos de Deus, da visão de Deus.
Quais são as quatro características do mordomo fiel?
1-Consagração.  Sem ela, não há como crescer, avançar, apressar a volta de nosso amado. Deve ser a nossa primeira experiência, logo após nosso segundo nascimento.
2-Dedicação à palavra Dele. Essa é a maior necessidade dentre o povo de Deus. Ler a palvra e ouvir os conselhos recebidos de varões espirituais, que vivem em  santidade, sendo bênção na família, trazendo para nós a palvra sem mistura.
3-Vida de oração.  Esse deve ser o seu campo de batalha.
4-Não amar a própria vida. Sem a operação da cruz em nós, não há como sermos mordomos.
Essas quatro características precisam ser testemunhadas  em nós e em nossa vida.
Hoje falaremos da consagração.  No livro de Daniel,  vemos Jerusalém ser invadida três vezes por Nabucodonosor. Na primeira vez, vemos uma leva de escravos e nela, quatro amigos, dentre eles Daniel. Na segunda  invasão e leva, Ezequiel entre os cativos. Na terceira, Jerusalém é destruída e queimada.
No capítulo 1 vemos o rei pedir à Aspenaz, jovens para assistirem perante o rei. Esses tiveram seus nomes trocados,  em homenagem a deuses babilônicos, com o intuito de mudar a origem desses jovens, tornando-os cidadãos dali.  Mas Daniel e seus amigos não se curvaram, pois não se pertenciam.  O mundo babilônico e suas oportunidades foram oferecidas a eles.
Daniel: 1. 3. Então disse o rei a Aspenaz, chefe dos seus eunucos que trouxesse alguns dos filhos de Israel, dentre a linhagem real e dos nobres, 4. jovens em quem não houvesse defeito algum, de bela aparência, dotados de sabedoria, inteligência e instrução, e que tivessem capacidade para assistirem no palácio do rei; e que lhes ensinasse as letras e a língua dos caldeus. 5. E o rei lhes determinou a porção diária das iguarias do rei, e do vinho que ele bebia, e que assim fossem alimentados por três anos; para que no fim destes pudessem estar diante do rei. 6. Ora, entre eles se achavam, dos filhos de Judá, Daniel, Hananias, Misael e Azarias. 7. Mas o chefe dos eunucos lhes pôs outros nomes, a saber: a Daniel, o de Beltessazar; a Hananias, o de Sadraque; a Misael, o de Mesaque; e a Azarias, o de Abednego. 8. Daniel, porém, propôs no seu coração não se contaminar com a porção das iguarias do rei, nem com o vinho que ele bebia; portanto pediu ao chefe dos eunucos que lhe concedesse não se contaminar. 9. Ora, Deus fez com que Daniel achasse graça e misericórdia diante do chefe dos eunucos. 10. E disse o chefe dos eunucos a Daniel: Tenho medo do meu senhor, o rei, que determinou a vossa comida e a vossa bebida; pois veria ele os vossos rostos mais abatidos do que os dos outros jovens da vossa idade? Assim poríeis em perigo a minha cabeça para com o rei. 11. Então disse Daniel ao despenseiro a quem o chefe dos eunucos havia posto sobre Daniel, Hananias, Misael e Azarias: 12. Experimenta, peço-te, os teus servos dez dias; e que se nos dêem legumes a comer e água a beber. 13. Então se examine na tua presença o nosso semblante e o dos jovens que comem das iguarias reais; e conforme vires procederás para com os teus servos. 14. Assim ele lhes atendeu o pedido, e os experimentou dez dias. 15. E, ao fim dos dez dias, apareceram os seus semblantes melhores, e eles estavam mais gordos do que todos os jovens que comiam das iguarias reais. 16. Pelo que o despenseiro lhes tirou as iguarias e o vinho que deviam beber, e lhes dava legumes. 17. Ora, quanto a estes quatro jovens, Deus lhes deu o conhecimento e a inteligência em todas as letras e em toda a sabedoria; e Daniel era entendido em todas as visões e todos os sonhos. 18. E ao fim dos dias, depois dos quais o rei tinha ordenado que fossem apresentados, o chefe dos eunucos os apresentou diante de Nabucodonozor. 19. Então o rei conversou com eles; e entre todos eles não foram achados outros tais como Daniel, Hananias, Misael e Azarias; por isso ficaram assistindo diante do rei. 20. E em toda matéria de sabedoria e discernimento, a respeito da qual lhes perguntou o rei, este os achou dez vezes mais doutos do que todos os magos e encantadores que havia em todo o seu reino. - Bíblia JFA Offline
Não se contaminar significa separação, consagração,  ser usado exclusivamente para Deus. Firmemente, Daniel resolveu não se contaminar. Santidade, separação,  consagração,  tudo isso caminha junto. Só assim impactamos a sociedade, a família e nossos amigos.  Eles poderiam ter visto as finas iguarias reais como oportunidades de ouro. Aquilo não era oportunidade de ouro, mas sim, um anzol de ouro, para os fisgar e os separar de Deus. Não há como servir ao Senhor e ao mundo. Agradamos a um, aborrecemos a outro.  No versículo 9 mostra que Deus lhe concedeu misericórdia e compreensão.  Dê um passo de fé, como Daniel!  Fp 2. diz que Ele nos dá, por seu divino poder, graça e misericórdia, quando nos consagramos a Ele.
A consagração de Daniel foi voluntária, pela graça de Deus derramada em seu coração.  Quando olhamos para nós, precisamos ver algo significativo e imediato após o novo nascimento,  no que diz respeito ao consagrar-se.
2 Coríntios: 5. 14. Pois o amor de Cristo nos constrange, porque julgamos assim: se um morreu por todos, logo todos morreram; 15. e ele morreu por todos, para que os que vivem não vivam mais para si, mas para aquele que por eles morreu e ressuscitou. - Bíblia JFA Offline
Aqui há um segredo. Você recebeu ao Senhor, se tornou uma nova criatura, regenerada, com Cristo em sua vida. Mas para quem você vive? Não vivamos mais para nós mesmos, mas para o Senhor, que morreu e viveu por nós. Não temos mais direitos sobre nós. O Senhor nos convida, não nos força, mesmo que Ele tenha nos regatado com sangue. Diante desse sacrifício,  a quem pertence nossas vidas? Isso deve nos constranger.
1 Coríntios: 6. 19. Ou não sabeis que o vosso corpo é santuário do Espírito Santo, que habita em vós, o qual possuís da parte de Deus, e que não sois de vós mesmos? 20. Porque fostes comprados por preço; glorificai pois a Deus no vosso corpo. - Bíblia JFA Offline
Essa passagem mostra que fomos comprados por preço. Éramos escravos do pecado, de nós mesmos e do diabo, sem esperança alguma. Mas Deus nos providenciou um resgate. Ele se importou grandemente por mim e você.  Fez uma obra sublime e pagou um resgate alto. Ele sofreu marcas em seu corpo. Esse é nosso Senhor maravilhoso. Ele merece que nos derramemos perante Ele. Daniel e seus amigos se separaram do mundo e consagraram-se para Deus.
Precisamos ver como Ele vê, tocar em Seu coração e andar como Ele andou. Esse será o primeiro passo para sermos mordomos, a nossa consagração.

quarta-feira, 7 de setembro de 2016

Jesus, o mordomo aprovado por Deus. São Lourenço. Mensagem 1. 2016

                                                                (Minhas anotações da mensagem compartilhada)
Lucas: 12. 35. Estejam cingidos os vossos lombos e acesas as vossas candeias; 36. e sede semelhantes a homens que esperam o seu senhor, quando houver de voltar das bodas, para que, quando vier e bater, logo possam abrir-lhe. 37. Bem-aventurados aqueles servos, aos quais o senhor, quando vier, achar vigiando! Em verdade vos digo que se cingirá, e os fará reclinar-se à mesa e, chegando-se, os servirá. 38. Quer venha na segunda vigília, quer na terceira, bem-aventurados serão eles, se assim os achar. 39. Sabei, porém, isto: se o dono da casa soubesse a que hora havia de vir o ladrão, vigiaria e não deixaria minar a sua casa. 40. Estai vós também apercebidos; porque, numa hora em que não penseis, virá o Filho do homem. 41. Então Pedro perguntou: Senhor, dizes essa parábola a nós, ou também a todos? 42. Respondeu o Senhor: Qual é, pois, o mordomo fiel e prudente, que o Senhor porá sobre os seus servos, para lhes dar a tempo a ração? 43. Bem-aventurado aquele servo a quem o seu senhor, quando vier, achar fazendo assim. 44. Em verdade vos digo que o porá sobre todos os seus bens. 45. Mas, se aquele servo disser em teu coração: O meu senhor tarda em vir; e começar a espancar os criados e as criadas, e a comer, a beber e a embriagar-se, 46. virá o senhor desse servo num dia em que não o espera, e numa hora de que não sabe, e cortá-lo-á pelo meio, e lhe dará a sua parte com os infiéis. 47. O servo que soube a vontade do seu senhor, e não se aprontou, nem fez conforme a sua vontade, será castigado com muitos açoites; 48. mas o que não a soube, e fez coisas que mereciam castigo, com poucos açoites será castigado. Daquele a quem muito é dado, muito se lhe requererá; e a quem muito é confiado, mais ainda se lhe pedirá. - Bíblia JFA Offline

Em Êxodo12, quando o Senhor dá a orientação sobre como comer a Páscoa, o versículo 11 diz que deveria ser de lombos cingidos. Lombos cingidos significa prontidão. Alguém atendo, diligente e focado. Vigilante. Jesus era alguém cingido com a verdade, um modelo para nós de servidão. No v. 12 continua dizendo que a candeia deveria estar acesa, o que denota Testemunho. E ainda diz: sejam como homens que esperam seu Senhor - expectativa.
Três palavras são destaques nesse texto: vigilantes, testemunho e expectativa.
Mordomo é aquele à quem tudo era confiado na casa. Um liberto, mas servo. Alguns eram escravos nascidos na casa. Sua incumbência era para com todos os afazeres daquela casa. Cuidavam das despesas, das necessidades e repartiam os suprimentos entre os dali, dando o alimento adequado para cada pessoa a seu tempo. Eram responsáveis pelo alimento, o suprimento oportuno, no tempo oportuno. Isso é ser um mordomo.
Esse era o nosso Senhor, nosso exemplo de mordomia. Paulo e outros foram reflexos desse mordomo, aprendendo Dele o mordomado. Paulo  diz que experimentou na carne as aflições de Cristo a favor do corpo.
O Senhor usa a palavra bem aventurados para aqueles mordomos, achados vigilantes. V. 37, 43.
George Wihitefield outro exemplo de mordomo, deixou os púlpitos, o lugares sagrados, para pregar nas minas de carvão e alcançar aqueles homens cansados, que tinham os rostos de carvão lavados das lágrimas quando a palavra penetrava em seus corações.  Um dia, após viajar toda a noite, estava cansado e precisava dormir. Porém,  ao chegar à estalagem, muitos tinham ido procurá-lo para ouvir uma pregaçào. Então,  ao subir as escadas, ele ficou constrangido e se  virou a fim de pregar o evangelho até a vela em suas mão apagar. Ao final, subiu para dormir e o Senhor o recolheu. Isso é ser bem aventurado, estar cingido e vigilante até o fim.
Felizes os servos vigilantes!
V. 37 Pois o Senhor mesmo irá cingir-se, dará lugar a tal servo à mesa e o servirá.
Isso porque a glória e o trono não mudaram a natureza de Cristo. Ele servirá seus mordomos à mesa naquele dia, pois foram fiéis no pouco e serão postos sobre muito! E ainda diz: em verdade vos digo! Por quê? Porque o Senhor dos senhores é um servo, um mordomo.

Filipenses: 2. 5. Tende em vós aquele sentimento que houve também em Cristo Jesus, 6. o qual, subsistindo em forma de Deus, não considerou o ser igual a Deus coisa a que se devia aferrar, 7. mas esvaziou-se a si mesmo, tomando a forma de servo, tornando-se semelhante aos homens; 8. e, achado na forma de homem, humilhou-se a si mesmo, tornando-se obediente até a morte, e morte de cruz. 9. Pelo que também Deus o exaltou soberanamente, e lhe deu o nome que é sobre todo nome; 10. para que ao nome de Jesus se dobre todo joelho dos que estão nos céus, e na terra, e debaixo da terra, 11. e toda língua confesse que Jesus Cristo é Senhor, para glória de Deus Pai. - Bíblia JFA Offline

Nessa passagem tão rica, nos  versos de 6 à 11, temos um hino com toda a essência do evangelho. Ele era o Verbo com Deus e que, ao mesmo tempo, era Deus. Fala de Cristo na eternidade, sua encarnação,  obediência,  morte, ascensão.  Fala de O nome, acima de todo nome. Nesses versículos há uma condensação do evangelho em 76 palavras.

Filipenses: 2. 1. Portanto, se há alguma exortação em Cristo, se alguma consolação de amor, se alguma comunhão do Espírito, se alguns entranháveis afetos e compaixões, 2. completai o meu gozo, para que tenhais o mesmo modo de pensar, tendo o mesmo amor, o mesmo ânimo, pensando a mesma coisa; 3. nada façais por contenda ou por vanglória, mas com humildade cada um considere os outros superiores a si mesmo; 4. não olhe cada um somente para o que é seu, mas cada qual também para o que é dos outros. - Bíblia JFA Offline

Nesse trecho, nos versículos de 1 à 4, temos uma introdução de como vivermos a vida Cristã. Do 12 adiante vemos o modelo em Cristo.
Esse, que era Deus, não julgou usurpação o ser igual a Deus. Deus, homem, na eternidade passada, não considerou um prêmio ser igual a Deus. Não se aferrou a isso, mas se encarnou. Em João 17:5 Ele diz:
E agora Pai, glorifica me com aquela glória que eu tive junto de Ti, antes que houvesse mundo.
Ele se esvaziou, sendo Deus, parte da Trindade, Santo, Glorificado, adorado e tudo o que significa ser filho de Deus e Deus. Quando Deus envia seu filho, seu filho é um com Ele. O Pai estava nele. Não foi crucificado com Ele, pois Ele esteve só na cruz, mas não deixou de ser Deus/homem na cruz.  Morreu, ressuscitou, entronizou como Deus homem. Esse é o significado da cruz e nisso está a nossa redenção: o fato de Deus/ homem ter morrido por nós. Jesus com sua alma humana e corpo humano, nos salvou. Foi homem completo, como nós, mas sem pecado. O pecado não fazia parte da criação do  homem. O pecado foi intruso. E Ele, ao assumir a forma humana, foi um homem sem pecado.
Antes do tempo, só havia a Trindade. Foi nesse tempo que o Filho se apresentou como o cordeiro e o Pai o elegeu e o reconheceu como O cordeiro, antes da fundação do mundo. Ele se apresentou, se ofereceu: eis-me aqui. Ao se esvaziar,  assumiu a forma de servo, em contraste com a forma de Deus. Ele se encarnou e não se fez rei ou nobre, mas servo.
Os doze discípulos o amavam, serviam, mas nada entendiam, até que o Espírito veio. Numa reunião, uma mãe pediu que Jesus mandasse que seus dois filhos se sentassem, no reino vindouro, um à sua direita e outro à esquerda, mas o Senhor disse: vocês sabem o que estão pedindo?  Podem tomar o cálice que estou para beber? Eles responderam, como crianças inocentes:sim. Mais tarde, Tiago tomou esse cálice de uma vez, ao ser degolado e João, pouco a pouco, exilado. Nesse dia, mais tarde, houve uma discussão entre eles para saber quem era o maior, quem era o menor e o Senhor lhes disse: não seja assim entre voz. Quem quer ser o maior,  seja o servo.
Isaías: 42. 1. Eis aqui o meu servo, a quem sustenho; o meu escolhido, em quem se compraz a minha alma; pus o meu espírito sobre ele. ele trará justiça às nações. 2. Não clamará, não se exaltará, nem fará ouvir a sua voz na rua. 3. A cana trilhada, não a quebrará, nem apagará o pavio que fumega; em verdade trará a justiça; 4. não faltará nem será quebrantado, até que ponha na terra a justiça; e as ilhas aguardarão a sua lei. 5. Assim diz Deus, o Senhor, que criou os céus e os desenrolou, e estendeu a terra e o que dela procede; que dá a respiração ao povo que nela está, e o espírito aos que andam nela. 6. Eu o Senhor te chamei em justiça; tomei-te pela mão, e te guardei; e te dei por pacto ao povo, e para luz das nações; 7. para abrir os olhos dos cegos, para tirar da prisão os presos, e do cárcere os que jazem em trevas. 8. Eu sou o Senhor; este é o meu nome; a minha glória, pois, a outrem não a darei, nem o meu louvor às imagens esculpidas. - Bíblia JFA Offline

Esse servo comia a vontade de Deus. Seu foco único era fazer a vontade do Senhor e realizar a sua obra. Ele desceu do céu para fazer a  vontade Daquele que O enviou. E Jesus foi sustendado por nosso amado Pai, em todo tempo. Ele sustentou sua infância e o levou a realizar cabalmente seu ministério, suportando a cruz pelo Espírito Santo eterno.
O Filho orou para ser liberto da morte, com súplicas, com sangue. Temeu um colapso no Getsêmani. Orou para ser sustentado até a cruz, onde teve a hora abominável. O verbo encarnado, Deus homem, dizendo: meu Pai, meu Pai, porque me desamparaste? Sua alma esteve triste até a morte. Is 42 o chama de eleito, em quem a alma de Deus se compraz, mas nessas últimas horas na cruz, perdeu a face de Deus, por amor de nós!

Provérbios: 8. 12. Eu, a sabedoria, habito com a prudência, e possuo o conhecimento e a discrição. 22. O Senhor me criou como a primeira das suas obras, o princípio dos seus feitos mais antigos. 23. Desde a eternidade fui constituída, desde o princípio, antes de existir a terra. 30. então eu estava ao seu lado como arquiteto; e era cada dia as suas delícias, alegrando-me perante ele em todo o tempo; - Bíblia JFA Offline

Ele estava na eternidade passada, folgando quando o Pai era arquiteto (folgando, no original, alegrando, regozijando, a mesma palavra de 1Cr 15:29, quando Davi dançou diante da arca).
O Senhor após seu batismo,  entrou no templo e leu Is 51. "O Espírito do Senhor está sobre mim. Ele me ungiu..."

Atos dos Apóstolos: 10. 38. concernente a Jesus de Nazaré, como Deus o ungiu com o Espírito Santo e com poder; o qual andou por toda parte, fazendo o bem e curando a todos os oprimidos do Diabo, porque Deus era com ele. - Bíblia JFA Offline.
Deus o ungiu. Deus o fez O mordomo! O escolhido. Deus, mas mordomo, homem como nós, sujeito aos mesmos sentimentos, capaz de condoer-se de nós. Deus, mas conhecedor da natureza humana.

quarta-feira, 16 de setembro de 2015

Aviva a Tua obra Senhor! Salmo 80:14



Isaías  48:17 Assim diz o Senhor, o teu Redentor, o Santo de Israel: Eu sou o Senhor, o teu Deus, que te ensina o que é útil, e te guia pelo caminho em que deves andar.
Habacuque  3:12 com indignação marchas pela terra, com ira trilhas as nações.
Salmos  80:14 Ó Deus dos exércitos, volta-te, nós te rogamos; atende do céu, e vê, e visita esta videira,  80:18 E não nos afastaremos de ti; vivifica-nos, e nós invocaremos o teu nome.
Aviva a tua obra, ó Senhor.  O Senhor nos deu graça e fidelidade. Tudo o que recebemos vem Dele. Não há glória em nós. Vivemos dias desafiadores, imensos, no abiente econômico, político, mas em especial, no que diz respeito à igreja. A igreja precisa de uma vistação divina. Examinemos esse quadro atual a partir de Neemias, que corresponde em época a Malaquias.
Hoje o despertamento espiritual envolve muitos movimentos externos, estratégias e condutas humanas para fazer uma obra, muitas vezes humanas. Neemias traz marcas e evidências muito definidas do que é um despertamento espiritual. Vamos aprofundar nesse livro, para experimentarmos o que vem de Deus. Vamos orar para experimentarmos no nosso país esse despertar. Ele depende do mover soberano de Deus. Isso compete exclusivamente ao Senhor. Nós precisamos pedir, buscar e bater, como diz Lucas. Ele diz que o Pai dará o Espírito Santo aos que pedirem. Em Lucas, diferentemente de Mateus, a ênfase está no Espírito Santo.  Ele mostra a descida do Espírito no batismo, que o Espírito estava sobre Ele. Lucas mostra o Senhor como cheio do Espírito Santo.
Somos a geração que vive uma hora de grande responsabilidade e privilégio. Que vivamos avivados, uma igreja gloriosa diante de Deus.
Assim não nos apartaremos de Deus. Salmo 80. V 14 diz que Ele nos visita. E isso reaviva, vivifica para a obra. Salmos  80:14 Ó Deus dos exércitos, volta-te, nós te rogamos; atende do céu, e vê, e visita esta videira,
Qual a obra de Deus?
Que creiais. João  6:29 Jesus lhes respondeu: A obra de Deus é esta: Que creiais naquele que ele enviou.
O Filho está no seio do Pai e nós no seio do filho, como João que reclinou sua cabeça no peito de Jesus. Essa é a união do homem  com Cristo, da noiva com o noivo, conforme Apocalipse.  Cristo se formando em nós, através das dores de parto.
O que queremos hoje,  na eminência da volta do Senhor? Solução de problemas? Irmãos,  que desejemos o despertamento espiritual, sem incredulidade. Despertamento são visitações do Senhor, para restaurar da degradação. Por que somos incrédulos quanto à isso, se eu e você estamos aqui por causa do despertar de Deus?
Você é convicto em Deus. Mas é você contrito em Deus?
Isaías  64:1 Oh! se fendesses os céus, e descesses, e os montes tremessem à tua presença,  64:2 como quando o fogo pega em acendalhas, e o fogo faz ferver a água, para fazeres notório o teu nome aos teus adversários, de sorte que à tua presença tremam as nações!  64:4 Porque desde a antigüidade não se ouviu, nem com ouvidos se percebeu, nem com os olhos se viu um Deus além de ti, que opera a favor daquele que por ele espera.
Esse era o clamor de Isaías. Um fervor!
Pedro, quando foi  em Cornélio, foi interrompido pelo Espírito e Ele introduz na casa de Cornélio a dispensação de Deus, por uma questão peculiar. Não que busquemos o que ocorreu em Pentecoste. Ali foi uma situação particular, porém, houve um derramar. Em Pentecoste houve um derramar, logo após o Calvário, pois tão importante quanto o derramar de Cristo na cruz, foi o derramar do Espírito mais tarde sobre seus filhos,  como consequência do Calvário.
Voltando ao Salmo 80, o salmista pede para que o Senhor olhe para a vinha, volte seu rosto, para que não nos apartemos de Deus e pede: vivifica-nos. Veja: restaura, vivifica e aviva somente nos versos 14 e 18. Isso é uma visitação divina e vivificadora. Mas o que o Senhor faz para experimentarmos isso? Ele nós dá a visão das glórias de Cristo. Perceba como o salmista ora: mostra o teu explendor.
Salmos  80:19 Reabilita-nos, Senhor Deus dos exércitos; faze resplandecer o teu rosto, para que sejamos salvos.  81:1 Cantai alegremente a Deus, nossa fortaleza; erguei alegres vozes ao Deus de Jacó.
Após os 70 anos do cativeiro da Babilônia,  o Senhor visitou o seu povo e o avivou , pois eles haviam sido curados da idolatria, na terra na idolatria.
Jeremías  29:10 Porque assim diz o Senhor: Certamente que passados setenta anos em Babilônia, eu vos visitarei, e cumprirei sobre vós a minha boa palavra, tornando a trazer-vos a este lugar.  29:11 Pois eu bem sei os planos que estou projetando para vós, diz o Senhor; planos de paz, e não de mal, para vos dar um futuro e uma esperança.  29:12 Então me invocareis, e ireis e orareis a mim, e eu vos ouvirei.  29:13 Buscar-me-eis, e me achareis, quando me buscardes de todo o vosso coração.  29:14 E serei achado de vós, diz o Senhor, e farei voltar os vossos cativos, e congregarvos-ei de todas as nações, e de todos os lugares para onde vos lancei, diz o Senhor; e tornarei a trazer-vos ao lugar de onde vos transportei.
Mais tarde, no reino de Ciro, vemos outro avivamento, através de um despertar  de Deus. É Deus quem desperta. E Ele despertou Ciro primeiramente.
Esdras  1:1 No primeiro ano de Ciro, rei da Pérsia, para que se cumprisse a palavra do Senhor proferida pela boca de Jeremias, despertou o Senhor o espírito de Ciro, rei da Pérsia, de modo que ele fez proclamar por todo o seu reino, de viva voz e também por escrito, este decreto:  1:2 Assim diz Ciro, rei da Pérsia: O Senhor Deus do céu me deu todos os reinos da terra, e me encarregou de lhe edificar uma casa em Jerusalém, que é em Judá.
Esdras  3:3 Colocaram o altar sobre a sua base (pois o terror estava sobre eles por causa dos povos das terras e ofereceram sobre ele holocaustos ao Senhor, holocaustos pela manhã e à tarde.  3:4 E celebraram a festa dos tabernáculos como está escrito, e ofereceram holocaustos diários segundo o número ordenado para cada dia,  3:5 e em seguida o holocausto contínuo, e os das luas novas e de todas as festas fixas do Senhor, como também os de qualquer que fazia oferta voluntária ao Senhor.
Nessa restauração, o povo reconstruiu o altar, ainda que sob o terror dos povos de outras terras, pois entenderam que não precisavam temer os outros povos se o altar fosse refeito. Não refizeram serviços, sacrifícios, muros de proteção contra inimigos e feras. Primeiro restauraram o altar sobre suas bases. Alicerces lançados, uma prova do avivamento genuíno. A primeira preocupação: os alicerces. Não confunda alicerce com teologia sistemática, nomes complexos, sistemáticamas sim devoção e atenção para Ele mesmo. Permaneça Nele! De que adianta estudar escatologia se não há um maranata no seu coração? Se você só conhece e não ama, não há um maranata em seu coração. Tenha um coração com Jesus em seu centro.
Pedro, no pentecostes, pregou todos aqueles ítens e 2000 almas se converteram com contrição. Que nós tenhamos o coração contrito, para que ele se derrame sobre nós  e quando voltar, nos ache despertos!
Deus é quem desperta, como despertou os cabeças de Israel,  como despertou Ciro, como despertou o povo dentro da Babilônia e os fez voltar. Por que voltaram? Pelo nome de Deus, pela vontade de Deus, pela Glória de Deus! Pela restauração de tudo isso em Jerusalém.  A mão de Deus os conduziu e eles voltaram para reerguer primeiramente o altar, somente muito depois, o muro!
Esdras  3:8 Ora, no segundo ano da sua vinda à casa de Deus em Jerusalém, no segundo mês, Zorobabel, filho de Sealtiel, e Jesuá, filho de Jozadaque, e os outros seus irmãos, os sacerdotes e os levitas, e todos os que vieram do cativeiro para Jerusalém, deram início à obra e constituíram os levitas da idade de vinte anos para cima, para superintenderem a obra da casa do Senhor.  3:9 Então se levantaram Jesuá com seus filhos e seus irmãos, Cadmiel e seus filhos, os filhos de Judá, como um só homem, para superintenderem os que faziam a obra na casa de Deus; como também os filhos de Henadade, com seus filhos e seus irmãos, os levitas.
Então,  levantou-se o inimigo e intimidou o povo de Deus. A obra parou por quinze anos, o que vemos no capítulo 4 de Esdras.
Deus levanta Ageu, o velho e o jovem Zacarias.
Ageu chama atenção ao fato de que suas casa eram bem construídas, mas a casa de Deus  destruída. Por isso Deus retinha o cereal, o vinho e o azeite. Quando o povo de Deus deixou de se envolver com a casa de Deus, o Senhor fechou os céus, tirando esses elementos: o vigor do trigo, a alegria do vinho  e o brilho do azeite ao rosto. Perderam alegria espiritual, vigor espiritual e brilho espiritual.
Esdras 5 fala de Ageu e Zacarias, levantados com a carta ainda em vigor, contrariando o decreto real, mas baseados na palavra de Deus.  E Deus move para que a obra possa continuar.
Entre os capítulo 6 e 7 de Esdras vem Ester. Nesse tempo, Confúncio e Buda nasceram e ensinaram. Mas a pequena Ester na Pérsia contribuiu para o avivamento do povo. No capítulo 10, Esdras dispôs em seu coração para buscar a lei do Senhor, cumprí-la e ensiná-la em Israel.  Esdras  7:27 Bendito seja o Senhor Deus de nossos pais, que pôs no coração do rei este desejo de ornar a casa do Senhor, que está em Jerusalém;
-Esdras fortalece o serviço
-Recupera a palavra de Deus. Ne 8
-Purifica o povo para Deus, por duas vezes, descritas em Neemias. E por quê? Por causa de  relacionamentos mistos, por causa da vinda do messias, para que Jesus não descendesse de um povo misto.
Esdras  9:2 pois tomaram das suas filhas para si e para seus filhos; de maneira que a raça santa se tem misturado com os povos de outras terras; e até os oficiais e magistrados foram os primeiros nesta transgressão.  9:3 Ouvindo eu isto, rasguei a minha túnica e o meu manto, e arranquei os cabelos da minha cabeça e da minha barba, e me sentei atônito.
Então Neemias pode reedificar os muros. Ele secretamente foi observar à noite, em secreto, não em comitiva com estandarte. Os olhos dele foram abertos, para que ele visse o estrago. Os inimigos achavam que os fracos judeus não conseguiriam reerguer Jerusalém e seus muros. Em alguns pontos, nem o animal de Neemias passava, tamanha destruição.  No capítulo 2, ele reafirma seu encargo.
O Senhor revelou para ele e ele pode depois revelar para os demais. O Senhor revelou para Abraão o que faria com Sodoma, para Abraão, separado em sua tenda. Pedro diz que Ló era  justo e aflito em Sodoma, mas era misturado. Então o Senhor foi ter comunhão com Abraão,  junto com mais dois anjos. Os  anjos partiram para fazer o que tinham para fazer, retirando  Ló com esforço, porque Ló era corrompido. Muro é separação. Você é separado para que Deus possa mostrar o que quer para você? Precisamos de muros de separação com o mundo, para experimentarmos a verdadeira unidade do Espírito,  no vínculo da paz.
Essa mistura do mundo, da psicologia, da auto ajuda,  deixa de lado a palavra de Deus e o Espírito de Deus. Vamos colocar muros e buscar a palavra, para sermos separados para Deus. Deus precisa de Esdras! Renovando nosso melhor amor, não o romântico, de quando iniciamos, mas um melhor! Assim, seremos renovados, numa vida corporativa, conforme 1Co12. Não se acomode com sua familia. O povo de Deus é coletivo. Somos para Ele e uns para os outros. Busquemos a palavra,  para que Deus nos dê visão e partilhemos uns com os outros o que Deus nos tem dado gratuitamente.
76
SEU AMOR (I-156; C-129)
1 Do meu Senhor, o amor fiel
É mais que o mundo pode dar:
Mais alto que os mais altos céus,
E mais profundo que o mar.
Antigo amor,
Superior,
Pois antes da criação de Deus
Amou-me - glória ao nome Seu!
2 O alto trono era Seu,
Dos anjos, tinha adoração;
Mas tudo, por amor, deixou,
Descendo aqui em servidão.
Me procurou -
Sacrificou
A alta posição do céu;
Buscou-me - glória ao nome Seu!
3 Sozinho a senda percorreu,
Sofreu do homem rejeição;
E conhecido só por Deus,
De angústia, encheu Seu coração.
Não hesitou
Nem recuou,
Mas indo aonde estava eu,
Achou-me - glória ao nome Seu!
4 Rompendo o dia de temor,
Mui só, mas com intrepidez,
Cruéis escárnios suportou;
Deus O abandonou e O fez
Pecado, sim,
Na cruz por mim;
E em vergonha e dor morreu.
Salvou-me - glória ao nome Seu!
5 Enquanto aqui viver, direi
Das maravilhas desse amor.
Por fim com Ele estarei
Provando a graça superior.
Oh! que prazer
Seu rosto ver!
Prostrado, renderei, fiel,
Louvores - glória ao nome Seu!
Português

segunda-feira, 14 de setembro de 2015

Ó Deus, aviva a Tua obra! Habacuque 3:2


(ps: essas são as minhas anotações, daquilo que ganhei da mensagem)
Habacuque  3:2 Eu ouvi, Senhor, a tua fama, e temi; aviva, ó Senhor, a tua obra no meio dos anos; faze que ela seja conhecida no meio dos anos; na ira lembra-te da misericórdia.
Habacuque  2:1 Sobre a minha torre de vigia me colocarei e sobre a fortaleza me apresentarei e vigiarei, para ver o que me dira, e o que eu responderei no tocante, a minha queixa.  2:2 Então o Senhor me respondeu , e disse: Escreve a visão e torna-se bem legível sobre tabuas, para que a possa ler quem passa correndo.  2:3 Pois a visão é ainda para o tempo determinado, e se apressa para o fim. Ainda que se demore, espera-o; porque certamente virá, não tardará.  2:4 Eis o soberbo! A sua alma não é reta nele; mas o justo pela sua fé viverá.
Hoje ouvimos na CNN que o supremo lider do Iran disse que, daqui há 25 anos, não mais existirá Israel. Quando ouvimos e consideramos Habacuque,  pedimos ao Senhor que reavive Sua obra. Qual é a obra?
Esse é o ano mais triste desde a criação de Israel, há 65 anos. Essa é uma nação que ainda luta por sobrevivência. O Iran tenta um acordo nuclear com os EUA. Os EUA, prestes a assinar tal acordo, um acordo anunciado em meados de junho. Faltm poucos dias para todo o congresso americano aprovar. Nesse tempo, dentro de duas semana, haverá a festa dos tabernáculos em Israel e haverá uma grande lua cheia. Porém nesse ano, uma lua de sangue. No ano passado e nesse ano, consecutivamente, tivemos as luas de sangue.
De acordo com a NASA houve apenas seis ocasiões como essa. Num total de 32 luas de sangue, sempre aparecendo em períodos de dois anos consecutivos.
Em Ap 6 diz no sexto selo: a lua se converterá em sangue. Prestemos atenção cuidadosa à Bíblia. Esse é um sinal, antes do retorno do Senhor. Esse ano será o último, em 28 de setembro próximo. E certamente ocorrerá. Estude nos livros de história as 8 ocorrências que resultaram nessas luas. 28 / 09 será esse dia. E haverá a Páscoa e  a festa dos Tabernáculo. Nesse meio tempo, a notícia do acordo nuclear.
Uma das luas foi na época de Ester. Nas vésperas do Corim, ela fez algo incomum e interviu na destruição do povo. Nos tempos de hoje, o Primeiro ministro de Israel está na mesma posição de Ester, procurando desfazer as ações do EI. A relação entre Jerusalém e Washington foi quase a zero, porque querem que Israel pare de ocupar a palestina. Nunca se esperava que tais palavras viessem do governo americano. De alguma forma, o relacionamento entre EUA e Israel quase congelou. Isso foi antes da festa da Páscoa passada, na primeira lua de sangue desses dois últimos anos. Esperavam que esse acordo nunca fosse selado.
Agora, meados de julho, o acordo se encaminha para fechar e basta que o congresso americano dê um sim. Agora vamos assistir isso nos próximos dias. Nesse ano, Israel olhará a lua cheia, a última dos últimos 2000 anos, antes da volta do Senhor, (pois um evento desse só ocorreria daqui 500 anos) e haverá a lua de sangue.
Usando a visão do vale dos ossos, é como se, em 1948, tivéssemos visto Israel se revestindo  de pele, o corpo se formando e Israel se reerguendo. Há um corpo, mas e o espírito? Foi uma restauração política, mas não espiritual. Eles terão a oportunidade de receberem, reconhecerem ao Senhor, como os irmãos de José,  quando estavam perto de reconhecerem a José e este os levou primeiro ao arrependimento. José sabia que ele tinha que ser vendido, preso... Mas primeiramente, seus irmãos precisavam ser tocados em sua consciência,  pois Deus é justo. Ele precisou fazê-los tocar na consciência,  antes de José lhes contar quem ele era. Ele esperou, em especial, que Judá, quem deu a ideia de vendê-lo ao egípcios, tivesse a disposição de se dar no lugar de Benjamin. José fez de Benjamin um refém e mostrou para Judá que, se o coração de Jacó se ligava ao de Benjamin, (como era com José anteriormente, antes de seus irmãos rasgarem o coração de seu pai) ele, Judá,  deveria ficar no lugar de seu irmão. José os  levou à uma percepção profunda do que eles tinham feito. Judá se deu em troca de Benjamin nessa ocasião. Isso é o fruto do arrependimento. E José se reconciliou com seus irmãos nessa hora. Na crucificação, quem estava presente e crucificou Jesus? Judá e Benjamin!" Entenderam a profundidade disso? 
Deus é justo. Israel não tem saída perante as nações unidas. Metade dos amigos foram perdidos na Páscoa, quando o governo americano assumiu uma posição pelo EI. Agora o povo americano, representado pelo congresso, vai votar na próxima lua. Isso por quê? É como a chance de José para seus irmãos. É a justiça e a misericórdia de Deus pela recuperação plena de Israel. Eles são como o vale de ossos cheio de carne,  pele, mas que ainda precisam do sopro do Espírito. Isso para que eles sejam avivados, se arrependam e creiam em Cristo. Somente dez por cento dos isaelitas crêem no Senhor e muitos são israelitas sem propósito para com as leis do antigo testamento! É necessário um arrependimento.
Se você ler Habacuque com arrependimento, se colocando na posição de um judeu, você entenderá o encargo de Habacuque,  um livro que começa de forma incomum, encorajando o avivamento, baseado na situação ruim que o povo vivia naquela época, mas que profeticamente, explica claramente os dias de hoje! Se você fosse um judeu que retornou à Israel, você entenderia.
Habacuque  1:2 Até quando Senhor, clamarei eu, e tu não escutarás? ou gritarei a ti: Violência! e não salvarás?  1:3 Por que razão me fazes ver a iniqüidade, e a opressão? Pois a destruição e a violência estão diante de mim; há também contendas, e o litígio é suscitado.  1:4 Por esta causa a lei se afrouxa, e a justiça nunca se manifesta; porque o ímpio cerca o justo, de sorte que a justiça é pervertida.  1:5 Vede entre as nações, e olhai; maravilhai-vos e admirai-vos; porque realizo em vossos dias uma obra, que vós não acreditareis, quando vos for contada.  1:6 Pois eis que suscito os caldeus, essa nação feroz e impetuosa, que marcha sobre a largura da terra para se apoderar de moradas que nao sao suas.  1:7 Ela é terrível e espantosa; dela mesma sai o seu juízo e a sua dignidade.  1:8 Os seis cavalos são mais ligeiros do que os leopardos, se mais ferozes do que os lobos a tarde; os seus cavaleiros espalham-se por toda a parte; sim, os seus cavaleiros vêm de longe; voam como a águia que se apressa a devorar.  1:9 Eles todos vêm com violência; a sua vanguarda irrompe como o vento oriental; eles ajuntam cativos como areia.
Ao ler isso, você não percebe? Não parece que lemos sobre os dias de hoje? Israel desviou-se tanto, que fez uma parada gay e gabou-se de ter feito a maior de toda a Ásia, testemunhando o que diz acima: a lei é frouxa e torcida. A tabeliã que se recusou a fazer o casamento homossexual foi presa, sem fiança. O padeiro que se recusou  a fazer um bolo para esse casamento foi processado e perdeu... 
Você precisa saber que cedo ou tarde, em todos os lugares, a lei será frouxa e torcida, porque o ímpio cercará o justo. Ó Senhor, qual o limite da Sua paciência? 
O Senhor responde com o versículo 5. Olhem e fiquem maravilhados. Deus faz uma obra de suscitar caldeus, para se apoderarem do que não é seu. Eles são rápidos. No período da copa do  mundo, no ano anterior, quando todos estavam alucinados, entorpecidos, o IE tomou um território do tamanho da Inglaterra, decapitou cristãos, perseguiu judeus.  Estão desde então, encurralando Israel, 
Habacuque  1:8 Os seis cavalos são mais ligeiros do que os leopardos, se mais ferozes do que os lobos a tarde; os seus cavaleiros espalham-se por toda a parte; sim, os seus cavaleiros vêm de longe; voam como a águia que se apressa a devorar.  1:9 Eles todos vêm com violência; a sua vanguarda irrompe como o vento oriental; eles ajuntam cativos como areia.  1:10 Escarnecem dos reis, e dos príncipes fazem zombaria; eles se riem de todas as fortalezas; porque, amontoando terra, as tomam.  1:11 Então passam impetuosamente, como um vento, e seguem, mas eles são culpados, esses cujo proprio poder e o seu deus.  1:12 Não és tu desde a eternidade, ó Senhor meu Deus, meu santo? Nós não morreremos. ç Senhor, para juízo puseste este povo; e tu, ó Rocha, o estabeleceste para correção.  1:13 Tu que és tão puro de olhos que não podes ver o mal, e que não podes contemplar a perversidade, por que olhas pára os que procedem aleivosamente, e te calas enquanto o ímpio devora aquele que e mais justo do que ele.
Os caldeus representam a Babilônia e o reino do anti Cristo em Ap. Mas em Cristo,  caiu a Babilônia! Deus usa a Babilônia, mas os persas os disciplinarão e no capítulo dois, vemos cinco ais sobre as Babilônia, o mundo. A questão é que Deus precisa justificar, corrigir Israel. Essa é a obra da cruz. A violência em Jerusalém, a perversão da lei, mostra a necessidade dessa correção. 
Cristo foi crucificado porque a justiça estava pervertida e o ímpio cercando o justo. Pecadores cercando o Senhor. Não foram os pregos que crucificaram Cristo, mas o meu e o seu pecado. Quando Israel voltou, deveria ter amolecido o coração de pedra, recebendo o Senhor como Senhor e salvador, mas não foi assim. Hoje ainda se repete. A situação aperta-se, para onde eles se voltarão? Precisamos orar pela paz de Jerusalém.  Eles não terão paz, pois ainda crucificam Cristo. Em Habacuque não havia Iran ou EI. É uma profecia! Por isso Deus diz para que ele registre, até para os que passam correndo, pois esse livro ainda se cumprirá. Não é uma história passada. Espera, pois certamente virá e não tardará. 
Há uma linha do tempo. Olhe para ela e verá que a profecia se cumpre dentro dela. Eis o soberbo,  a Babilônia,  sua alma não é reta. O mundo muda de cor, mas a essência é a mesma. Em Dn vemos o ouro da Babilônia em Daniel,  a prata da Persa em Ester, o bronze da  Grécia, o ferro de Roma, o barro de hoje, mas são todos soberbos em si. 
O rei Nabucodonozor sonhou e esqueceu o Sonho. Quis que os sábios interpretassem. Ele queria que toda imagem fosse ouro, por isso ele fez uma imagem toda de ouro, da cabeça aos pés, para tentar manter seu império. Deus o repreendeu. Essa é a natureza do mundo: soberba! Então, Deus permite que ele encurrale seus filhos, para que eles aprendam, para que eles tenham a rota corrigida, para amadurecerem de acordo com o Seu propósito. 
Como o justo viverá? Pela fé! Deus usa a história como instrumento para agir em você e em mim. 
O justo viverá pela sua fé. 
Quando um rabino judeu foi examinar essa parte disse que Moisés deu 613 leis, segundo eles... De acordo com  esse rabino, quando Davi veio, reduziu à 11. Leia Salmo 15. Em Isaías,  para 6. Is 33:15-16. Miquéias reduziu para 3 mandamento. Mq 3:8. E  de acordo com os rabinos, quando Habacuque veio, reduziu os 613 mandamentos para 1:
O justo viverá pela fé.
Os judeus interpretam:
Os justos viverão por lealdade. Eles interpretam que a violência e soberba é dos caldeus e não uma situação dos judeus. Não pode ser lealdade. Habacuque mostra a violência dos caldeus, mas também dos judeus. A perversão da lei. Isso é lealdade? Não! Eles cultuavam outros ídolos, ídolos ocultos. O que toma o lugar de Deus é ídolo. Secretamente adoramos. Se fazemos em secreto, porque não em aberto? E Israel foi para a maior terra de ídolos que poderia haver, até se cansarem de ver tanta idolatria. E foi nesse cativeiro, nessa exposição, que essa doença foi curada e puderam voltar da Babilônia para Israel. De qualquer forma, a palavra foi espalhada alí. Quando Jesus nasceu, os sábios souberam. Por causa daquele cativeiro babilônico, a terra se encheu da glória do conhecimento de Deus.
Por um lado, eles foram tratados da idolatria, por outro, a palavra de Deus foi disciminada.
Habacuque  2:20 Mas o Senhor está no seu santo templo; cale-se diante dele toda a terra; cale-se diante dele toda a terra.
Quando foram cativos da Pérsia, a Pérsia teve a oportunidade. A dominação da Grécia, permitiu que parte do novo testamento fosse escrito em Grego e a dominação Romana permitiu a construção de estradas e nelas a palavra se espalhou pela terra. No império grego romano, o evangelho pode ir por todas as partes! 
Isso é a maior prova de que o justo viverá pela fé. E será santificado por ela. Voltamos ao estado original de provar a vida diante do Senhor, como no Édem. Mas a vida de Cristo nos dá um passo a mais, nos fazendo transformar pela obra de Cristo, o que é a glorificação pela fé.
Aqui Habacuque fala de fé! Como a que Jesus pede aos seus discípulos, dizendo para que eles não fosse  tímidos, pois em fé, chegariam ao outro lado.
O Sonho da estátua em Daniel passa por todos os reinos. Nabucodonozor,  Dario, Ciro, Augusto até a vinda do Senhor!
Cale-se diante Dele toda terra! A glória de Deus voltou ao seu  templo!

domingo, 26 de julho de 2015

Romanos 8:16 - O Espírito mesmo testifica com o nosso espírito que somos filhos de Deus

Hebreus  2:1 Por isso convém atentarmos mais diligentemente para as coisas que ouvimos, para que em tempo algum nos desviemos delas.  2:2 Pois se a palavra falada pelos anjos permaneceu firme, e toda transgressão e desobediência recebeu justa retribuição,
Job  38:1 Depois disso o Senhor respondeu a Jó dum redemoinho, dizendo:  38:2 Quem é este que escurece o conselho com palavras sem conhecimento?  38:3 Agora cinge os teus lombos, como homem; porque te perguntarei, e tu me responderás.  38:4 Onde estavas tu, quando eu lançava os fundamentos da terra? Faze-mo saber, se tens entendimento.  38:5 Quem lhe fixou as medidas, se é que o sabes? ou quem a mediu com o cordel?  38:6 Sobre que foram firmadas as suas bases, ou quem lhe assentou a pedra de esquina,  38:7 quando juntas cantavam as estrelas da manhã, e todos os filhos de Deus bradavam de júbilo?  38:8 Ou quem encerrou com portas o mar, quando este rompeu e saiu da madre;  38:9 quando eu lhe pus nuvens por vestidura, e escuridão por faixas,  38:10 e lhe tracei limites, pondo-lhe portas e ferrolhos,
Deus tinha um forte desejo em seu coração e podemos ver isso nos textos acima. Em Jó, vemos que tudo estava harmonioso, as estrelas jubilavam com os anjos.
Porém, lemos em Gn:
Génesis  1:1 No princípio criou Deus os céus e a terra.  1:2 A terra era sem forma e vazia; e havia trevas sobre a face do abismo, mas o Espírito de Deus pairava sobre a face das águas.
A tradução não é fiel. Estudiosos já mostraram que no versículo 2 a palavra era, na verdade é TORNOU-SE  sem forma e vazia. Por quê?
Porque Satanás e seus anjos se rebelaram contra Deus. Como lemos em Isaías e em Ezequiel, que relatam a queda de Satanás, a estrela da manhã de Deus, mas que foi lançado com 1/3 dos seus anjos por querer ser superior a Deus:
Isaías  14:12 Como caíste do céu, ó estrela da manhã, filha da alva! como foste lançado por terra tu que prostravas as nações!  14:13 E tu dizias no teu coração: Eu subirei ao céu; acima das estrelas de Deus exaltarei o meu trono; e no monte da congregação me assentarei, nas extremidades do norte;  14:14 subirei acima das alturas das nuvens, e serei semelhante ao Altíssimo.  14:15 Contudo levado serás ao Seol, ao mais profundo do abismo.  14:16 Os que te virem te contemplarão, considerar-te-ão, e dirão: É este o varão que fazia estremecer a terra, e que fazia tremer os reinos?  14:17 Que punha o mundo como um deserto, e assolava as suas cidades? que a seus cativos não deixava ir soltos para suas casas?  14:18 Todos os reis das nações, todos eles, dormem com glória, cada um no seu túmulo.  14:19 Mas tu és lançado da tua sepultura, como um renovo abominável, coberto de mortos atravessados a espada, como os que descem às pedras da cova, como cadáver pisado aos pés.
Ezequiel 28:12 Filho do homem, levanta uma lamentação sobre o rei de Tiro, e dize-te: Assim diz o Senhor Deus: Tu eras o selo da perfeição, cheio de sabedoria e perfeito em formosura.  28:13 Estiveste no Éden, jardim de Deus; cobrias-te de toda pedra preciosa: a cornalina, o topázio, o ônix, a crisólita, o berilo, o jaspe, a safira, a granada, a esmeralda e o ouro. Em ti se faziam os teus tambores e os teus pífaros; no dia em que foste criado foram preparados.  28:14 Eu te coloquei com o querubim da guarda; estiveste sobre o monte santo de Deus; andaste no meio das pedras afogueadas.  28:15 Perfeito eras nos teus caminhos, desde o dia em que foste criado, até que em ti se achou iniqüidade.  28:16 Pela abundância do teu comércio o teu coração se encheu de violência, e pecaste; pelo que te lancei, profanado, fora do monte de Deus, e o querubim da guarda te expulsou do meio das pedras afogueadas.  28:17 Elevou-se o teu coração por causa da tua formosura, corrompeste a tua sabedoria por causa do teu resplendor; por terra te lancei; diante dos reis te pus, para que te contemplem.  28:18 Pela multidão das tuas iniqüidades, na injustiça do teu comércio, profanaste os teus santuários; eu, pois, fiz sair do meio de ti um fogo, que te consumiu a ti, e te tornei em cinza sobre a terra, à vista de todos os que te contemplavam.  28:19 Todos os que te conhecem entre os povos estão espantados de ti; chegaste a um fim horrível, e não mais existirás, por todo o sempre.
Deus então iniciou sua obra de restauração. Ele começou separando a Luz da trevas. Mas quando formou o homem, Deus completou seu plano para restaurar a terra, fazendo o homem a sua imagem e semelhança,  soprando o Seu fôlego dentro dele. Esse fôlego é o espírito humano, que faz o homem buscar a Deus!  Ainda que o homem  não seja ensinado, ele busca a divindade, pois há no coração do homem esse desejo de Deus.
Génesis  2:7 E formou o Senhor Deus o homem do pó da terra, e soprou-lhe nas narinas o fôlego da vida; e o homem tornou-se alma vivente.  2:8 Então plantou o Senhor Deus um jardim, da banda do oriente, no Éden; e pôs ali o homem que tinha formado.
Job  32:8 Há, porém, um espírito no homem, e o sopro do Todo-Poderoso o faz entendido.
Esse sopro formou nosso espírito. Mas há um segundo sopro:
João  20:19 Chegada, pois, a tarde, naquele dia, o primeiro da semana, e estando os discípulos reunidos com as portas cerradas por medo dos judeus, chegou Jesus, pôs-se no meio e disse-lhes: Paz seja convosco.  20:20 Dito isto, mostrou-lhes as mãos e o lado. Alegraram-se, pois, os discípulos ao verem o Senhor.  20:21 Disse-lhes, então, Jesus segunda vez: Paz seja convosco; assim como o Pai me enviou, também eu vos envio a vós.  20:22 E havendo dito isso, assoprou sobre eles, e disse-lhes: Recebei o Espírito Santo.
Você já recebeu o Espírito Santo? Quando você crê com o coração e O recebe com fé, entra no seu espírito humano o Espírito divino. Você deixa de ser uma casca ambulante na terra, que acorda,  bate o cartão e vai trabalhar, volta, come, dorme... Não! Você percebe que sua vida é celestial, não mais dessa terra. Embora você viva na terra, trabalhe, coma, durma, seus olhos são postos nos céus, na eternidade, que foi posta dentro de você, no seu coração!
Gálatas  4:3 Assim também nós, quando éramos meninos, estávamos reduzidos à servidão debaixo dos rudimentos do mundo;  4:4 mas, vindo a plenitude dos tempos, Deus enviou seu Filho, nascido de mulher, nascido debaixo de lei,  4:5 para resgatar os que estavam debaixo de lei, a fim de recebermos a adoção de filhos.  4:6 E, porque sois filhos, Deus enviou aos nossos corações o Espírito de seu Filho, que clama: Aba, Pai.  4:7 Portanto já não és mais servo, mas filho; e se és filho, és também herdeiro por Deus.
Surge uma convicção em nós! Somos filhos e herdeiros de Deus! Podemos ver além! Além do olho carnal! Em cada cristão há Cristo! A própria pessoa de Deus. E o que Ele deseja? Nosso aperfeiçoamento!  Olhe para os filhos de Deus vendo Cristo e não mais uma pessoa comum. Não despreze a ninguém! Quem é de Cristo, ganhou pelo menos um dom e é herdeiro da mesma promessa!
Gálatas  3:26 Pois todos sois filhos de Deus pela fé em Cristo Jesus.  3:27 Porque todos quantos fostes batizados em Cristo vos revestistes de Cristo.  3:28 Não há judeu nem grego; não há escravo nem livre; não há homem nem mulher; porque todos vós sois um em Cristo Jesus.  3:29 E, se sois de Cristo, então sois descendência de Abraão, e herdeiros conforme a promessa.  4:1 Ora, digo que por todo o tempo em que o herdeiro é menino, em nada difere de um servo, ainda que seja senhor de tudo;  4:2 mas está debaixo de tutores e curadores até o tempo determinado pelo pai.  4:3 Assim também nós, quando éramos meninos, estávamos reduzidos à servidão debaixo dos rudimentos do mundo;  4:4 mas, vindo a plenitude dos tempos, Deus enviou seu Filho, nascido de mulher, nascido debaixo de lei,
Não há mais separação entre povos. Creu, é filho de Deus. A princípio, um filho pequeno, que iniciou seu desenvolvimento. Somos meninos quando cremos, filhos imaturos. Quanto mais aprendemos com os tutores, curadores, irmãos com mais experiência, vamos nos desenvolvendo e aumentando a nossa fé. Quanto mais formos à palavra, orarmos ao Senhor,  mais maduros seremos. Aplica-te no amor, na palavra, na fé, na pureza, para que Deus se manifeste em você e de você aos outros!

1 timóteo  4:12 Ninguém despreze a tua mocidade, mas sê um exemplo para os fiéis na palavra, no procedimento, no amor, na fé, na pureza.  4:13 até que eu vá, aplica-te à leitura, à exortação, e ao ensino.  4:14 Não negligencies o dom que há em ti, o qual te foi dado por profecia, com a imposição das mãos do presbítero.  4:15 Ocupa-te destas coisas, dedica-te inteiramente a elas, para que o teu progresso seja manifesto a todos.  4:16 Tem cuidado de ti mesmo e do teu ensino; persevera nestas coisas; porque, fazendo isto, te salvarás, tanto a ti mesmo como aos que te ouvem.
Somos como os atletas que treinam para ter um padrão. Qual padrão? O padrão dos fiéis, que é Cristo!
Efésios  4:11 E ele deu uns como apóstolos, e outros como profetas, e outros como evangelistas, e outros como pastores e mestres,  4:12 tendo em vista o aperfeiçoamento dos santos, para a obra do ministério, para edificação do corpo de Cristo;  4:13 até que todos cheguemos à unidade da fé e do pleno conhecimento do Filho de Deus, ao estado de homem feito, à medida da estatura da plenitude de Cristo;  4:14 para que não mais sejamos meninos, inconstantes, levados ao redor por todo vento de doutrina, pela fraudulência dos homens, pela astúcia tendente à maquinação do erro;  4:15 antes, seguindo a verdade em amor, cresçamos em tudo naquele que é a cabeça, Cristo,  4:16 do qual o corpo inteiro bem ajustado, e ligado pelo auxílio de todas as juntas, segundo a justa operação de cada parte, efetua o seu crescimento para edificação de si mesmo em amor.
Nossa esperança não se limita nessa terra! Graças pela palavra de Deus! Caminhamos pela graça de Deus! É nela, na comunhão com os Santos,  que crescemos e testemunhamos o Senhor! E isso é com todos, pois todos estão encerrados debaixo do pecado,  para que ninguém se vanglorie e todos carecem da glória de Deus. Somos quase nada, um grão de areia, um cisco se comparados ao universo,  mas há Deus em nós!  Um Deus que controla todas as coisas, pela palavra do Seu poder! Ele se importa conosco e cuida de nós! Por isso oramos ao nosso Deus! Ele é superior! Ele é o herdeiro de todas as coisas e nos fará co-herdeiros com Cristo!
Hebreus  1:1 Havendo Deus antigamente falado muitas vezes, e de muitas maneiras, aos pais, pelos profetas,  1:2 nestes últimos dias a nós nos falou pelo Filho, a quem constituiu herdeiro de todas as coisas, e por quem fez também o mundo;  1:3 sendo ele o resplendor da sua glória e a expressa imagem do seu Ser, e sustentando todas as coisas pela palavra do seu poder, havendo ele mesmo feito a purificação dos pecados, assentou-se à direita da Majestade nas alturas,
1 Pedro  5:6 Humilhai-vos, pois, debaixo da potente mão de Deus, para que a seu tempo vos exalte;  5:7 lançando sobre ele toda a vossa ansiedade, porque ele tem cuidado de vós.
Não somos nada, mas pela fé recebemos Àquele que é tudo em  nós! Amém!